Quem é você?


Quem é você?

20130209-062050.jpg

Quem é você?

Dizia a pergunta de um universitário feita a um ex- piloto presidiário condenado por trair a confiança pública e pilotar embriagado e drogado e como resultado de sua irresponsabilidade foram dizimadas algumas vidas em um acidente de avião que poderia ter sido pior não fosse a destreza e a capacidade técnica de um homem que agora tem que responder ao universitário, ao estudante, ao jovem que deseja aprender com este homem. E talvez fosse mais fácil responder a este, tal como fizera no decorrer de toda a sua vida, mentindo para todos e principalmente para si mesmo. Enganado pela vida, pela sórdida vida que levava sendo escravo de si mesmo e das paixões excitantes da sua juventude. Vitima do álcool das drogas e por que não dizer de um sonho sem fim…
Sua resposta foi sábia diante de tamanha pressão, o que ele disse foi o que realmente agora passava pela sua mente. – boa pergunta, disse ele…

Este homem não estava tentando ludibriar este jovem, isto seria impossível fazer, pois se tratava de seu próprio filho, aquele que sabia tudo a respeito de seu pai, e que havia testemunhado ao longo de sua vida muitos dissabores e decepções, foi ele que viu seu pai sair de casa deixando sua família por que ele tinha simplesmente decidido abraçar o álcool o vicio a mentira que o fazia realizar- se mais do que sua própria família.

Este homem que fora interrogado pelos federais em um único julgamento e que havia sido orientado a mentir diante de um tribunal sob juramento de que no dia do acidente não estava embriagado ou drogado.

No acidente algumas pessoas morreram, entre elas uma comissária que era também viciada em álcool e que segundo pesquisa feita em sua vida descobriram que ela já havia sido internada 2 vezes por dependência alcoólica. Na investigação encontraram duas garrafas de vodca na lixeira de bordo e bastava ele confirmar com sua opinião que esta comissária que morrera teria sido a consumidora destas garrafas que estava tudo acabado, ele estaria livre e ileso de qualquer acusação sobre a sua integridade física mental. A sala ficou em silencio por alguns segundos e enfim ele respondeu:
– que Deus me ajude!!!
– na sua opinião insistiu a federal, Katerina Marquez bebeu durante o voo?
Engolindo a seco e com os olhos cheios de lagrimas ele disse: – a minha opção é que Trina Marquez não bebeu a vodca, ela salvou a vida do garoto, ela não bebeu porque foi eu que as bebeu… – eu bebi as garrafas de vodcas no avião. – nos dias que antecederam o acidente, nos dias 11, 12, 13 e 14 de Outubro eu estava bêbado. Eu bebi todos estes dias… Eu bebi além da conta…na manha do acidente eu estava bêbado eu estou bêbado agora… Porque eu sou alcoólatra. Com lagrimas nos olhos ele havia finalmente falado a verdade porque Deus o ajudara.

E agora já depois de alguns anos preso o seu filho que o havia desprezado o visita cadeia e faz esta pergunta, Quem é você?

– e foi assim… disse ele aos detentos que estavam presos com ele na mesma cela, – eu estava acabado ferrado, foi como se eu tivesse atingido o meu limite na vida… De mentiras. Eu não podia contar mais uma se quer. Talvez eu seja um babaca. Pois se eu tivesse mentido só mais uma vez, eu teria escapado de toda aquela situação, eu teria continuado pilotando, e mantido o meu falso senso de orgulho. E o mais importante, eu teria evitado estar preso aqui com vocês, camaradas, nos últimos 13 meses. Mais eu estou aqui. E eu vou ficar aqui pelo menos, … Nos próximos 4 ou 5 anos. E isso é justo! Eu trai a confiança pública. Eu trai. Foi o que o juiz explicou pra mim, eu trai a confiança publica. O FAA caçou o meu Breve. E foi justo! Minhas chances de voar demovo são praticamente nenhuma. E eu aceito isso. Eu tive muito tempo pra pensar sobre isso, tudo isso. Eu andei escrevendo, eu escrevi cartas para cada família que perderam entes queridos. Algumas delas conseguiram aceitar minhas desculpas. Outras não. Mais eu também pedi desculpas para todas as pessoas que tentaram me ajudar… Em toda essa trajectória,mas eu … Não fui capaz ou não quis escutar. Pessoas como minha mulher… Na verdade minha ex- mulher… Meu filho.e repetindo: alguns deles…disseram que nunca irão me perdoar, nunca. Mais pelo menos, eu estou sóbrio. E eu agradeço a Deus por isso. Eu sou grato. E isso vai parecer estúpido partindo de um cara que esta preso, mas pela primeira vez na vida… …eu sou livre. Eu estou livre…

Sabe qual era o tema da entrevista de dissertação do seu filho?

“A PESSOA MAIS FASCINANTE QUE EU JÁ CONHECI.”

E aí, quem é você?

O que fica para nós é o eco desta pergunta, quem é você?

O mentiroso ou o fascinante? É uma boa pergunta não acham?

Este poste foi escrito com base no filme O VOO, que eu recomendo com Denzel Washington no papel principal.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s